Inmesol NO MUNDO

Grupos electrogéneos e geradores instalados em todo o mundo

Principais instalações:

18 instalações | Página:   1   2  

Sochi. Rússia

Os Jogos Olímpicos de Sóchi confiaram nos nossos grupos electrogéneos

No passado mês de fevereiro, a cidade de Sóchi recebeu os XXII Jogos Olímpicos de Inverno, os primeiros celebrados na Federação Russa. Como é de costume nestes encontros desportivos internacionais, a preparação dos Jogos demandou a construção de novas infraestruturas; instalações que foram confiadas à Inmesol, como provedora de grupos electrogéneos, por diversas empresas contratistas.

http://www.inmesol.pt/blog/os-jogos-olimpicos-de-sochi-confiaram-nos-nossos-grupos-eletrogeneos

Libreville. Gabão

Distribuidor oficial no Gabão

Várias dezenas de nossos grupos electrogéneos acabam de chegar nas instalações de nosso distribuidor oficial na República Gabonesa, a empresa Inter-Mat.

http://www.inmesol.pt/blog/os-grupos-eletrogeneos-inmesol-tambem-no-gabao

Cotonu. Benim

Grupos electrogéneos Inmesol em áreas residenciais do Benim

Nosso distribuidor oficial no Benim, Cobetam, nos informou de que nas últimas semanas ocorreu um aumento na demanda de nossos grupos electrogéneos insonorizados, a maioria dos quais foram instalados em edifícios residenciais de Cotonu.

http://www.inmesol.pt/blog/grupos-eletrogeneos-inmesol-em-areas-residenciais-do-benim

Uagadugu. Burquina Faso

Distribuidor oficial no Burquina Faso

A sede de Belkom Industrie está em Uagadugu, a capital e centro administrativo e económico do Burquina Faso.

http://www.inmesol.pt/blog/new-official-inmesol-distributor-burkina-faso

Dar es-Salam. Tanzânia

Distribuidor oficial no Tanzania

Inmesol já está presente na Tanzânia através de JS Electromec, nosso distribuidor oficial neste país africano.

http://www.inmesol.pt/blog/inmesol-abre-mercado-na-tanzania

Argel. Argélia

Grupos electrogéneos de emergência na Argélia

Os técnicos de nosso importador e distribuidor na Argélia, SARL OBI, instalaram no mês passado vários grupos de 500 kVA na plataforma, após a realização de um rigoroso estudo para calcular as necessidades de potência das instalações. Além da qualidade dos nossos grupos electrogéneos, o cliente tomou a decisão baseando-se também no valor agregado da insonorização que as carroçarias Inmesol proporcionam aos equipamentos.

http://www.inmesol.pt/blog/grupos-eletrogeneos-de-emergencia-na-argelia

Bamako. Mali

Missão das Nações Unidas de Estabilização Multidimensional Integrada no Mali (ONU)

Recentemente, através de Global Assistance, nosso distribuidor no Mali, a ONU adquiriu grupos electrogéneos Inmesol para várias localidades: Douentza, Ansongo, Menaka, Tessalit e Tombuctu.

http://www.inmesol.pt/blog/a-onu-instala-grupos-eletrogeneos-inmesol-no-mali

Gana

Os nossos grupos de emergência, nas gasolineiras de Gana

Os grupos electrogéneos da gama de emergência Inmesol começam a funcionar automaticamente quando a rede elétrica “cai” e estão projetados para fornecer o máximo rendimento em reserva, graças a um sofisticado painel de controlo concebido para responder e adaptar-se às necessidades de abastecimento elétrico. Além disso, a qualidade das carroçarias projetadas pelos nossos engenheiros faz com que as emissões acústicas sejam inferiores às dos valores estabelecidos pela diretriz europeia.

http://www.inmesol.pt/blog/os-nossos-grupos-de-emergencia-nas-gasolineiras-de-gana

Suíça

Grupos electrogéneos Inmesol para centros de dados

A sociedade atual maneja uma enorme quantidade de informação. Para as empresas, instituições e organismos públicos resulta de vital importância preservar os dados que acumulam e processam constantemente.

http://www.inmesol.pt/blog/grupos-eletrogeneos-inmesol-para-centros-de-dados

Birmânia (Myanmar)

Grupos electrogéneos Inmesol reforçam a rede elétrica da Birmânia (Myanmar)

Como resposta às mudanças políticas que a Birmânia está a inserir nos últimos tempos, a União Europeia decidiu há algo mais de um ano suspender as penas que haviam sido impostas ao país asiático e impulsar com isso o comércio e os investimentos estrangeiros a visar a ativação de sua economia.

http://www.inmesol.pt/blog/grupos-eletrogeneos-inmesol-reforcam-a-rede-eletrica-da-birmania-myanmar